Falemos da vidência

Muitas pessoas não entendem na verdade no que consiste a vidência. Até as pessoas que possuem o dom da clarividência não conseguem entender muito bem no que consiste. A vidência é um poder mental com o qual nascem certas pessoas, este poder nos permite obter percepções ultrasensoriais e evolui com o passar do tempo. Em poucas palavras, é poder ver além do que podemos ver normalmente a respeito de alguém, considerando seu passado e seu presente para saber como deve agir no futuro. Este dom não é algo que se planeja, simplesmente se nasce com ele e a sua origem é um mistério.


Apesar de permitir conhecer a origem de certas emoções que você possa vir a experimentar e, acima de tudo, de tirar um peso de costas em muitos casos, não é possível dizer que a vidência seja exata, pois no final das contas quem toma a decisão a respeito do que acontecerá é você: é a partir dos seus atos e comportamentos que você traça seu caminho. A missão de um vidente é indicar, servir como um GUIA pelos caminhos onde você não pode ver, afim de aumentar as suas fortalezas e diminuir as suas debilidades. É uma forma de se antecipar aos acontecimentos, o que lhe permite tomar boas decisões a seu respeito.


As visões não são algo que se possa premeditar; elas aparecem em momentos e situações inesperadas. A orientação de médiuns e videntes através deste dom ajuda a corrigir comportamentos nocivos e instintivos. Cada vidente se treina de maneira diferente e, acima de tudo combina este dom com diferentes técnicas como o Tarô, as Runas, etc., que lhe ajudarão no processo da interpretação.


No meu caso, eu ofereço a você a minha plena atenção e a minha visão a partir do seu caso, como clarividente, para aumentar suas possibilidades e ajudar a alcançar seu bem-estar.
Sofia Hernadez, Madrid - Espanha "Tem sido maravilhoso contar com você na minha vida". Depois da morte do meu marido e dos meus filhos terem ido embora da Espanha, eu me sentia muito sozinha e triste. Felizmente o destino me colocou no seu caminho. Seus conselhos têm me ajudado muito, eu percebi que ainda tenho muitas razões para viver, conquistei novas amizades e hoje recuperei minha vontade de seguir desfrutando da vida. Obrigada, Alba!
Sofia Hernadez, Madrid - Espanha